20/09/2010

Se ligue: O amor é grátis.

A inspiração surgiu, mas o amor ainda espera. Acredito que logo, logo ele irá aparecer. Queria poder entender o porquê da minha necessidade. Necessidade de amor. Sem amor, sinto que um pedaço de mim foi roubado, como se eu caísse do céu, embora sendo um lugar que nunca estive. A consciência passa a ser tomada por um vazio, e mesmo não amando, continuo a sentir o amor no ar. Fugir parece ser solução quando estamos a beira de dúvidas e incertezas, mas não importa onde estejamos nossa mente sempre vai continuar no lugar. Não me interessam os outros, não me interessam quem não liga. Me interesso pelo amor e quem ele segue. O amor me segue? Talvez sim, talvez não. Me interesso por mim mesma, que seja. Mas sempre há aquela pessoa que não acredita, que foge, que chora por medo de perder. Que chora por medo de nunca ter o que pensou que teve. Chorar por amor é algo surreal. É normal, eu sei. Surreal é o sentimento que sentimos, ao ver que outro sentimento tão importante foi ferido, amado, sonhado. Há aqueles que choram, mas depois param. Mas há aqueles que choram e que desistem. E então essa pessoa desistiu, não suportou a chuva e abriu o guarda-chuva

Gentedrogada!

2 comentários:

  1. Sentir o amor é bom...
    Mais amar sempre é sofrimento.

    Busco o existencialismo do meu ser!

    ResponderExcluir